Blog

Posted by    |   maio 22nd, 2014   |   No Comments

A complexidade do universo jamais poderemos abarcar. Seja o que for que encontremos como suposta verdade, será sempre nosso recorte dela. A grande maioria das forças que nos regem são desconhecidas. A ciência tenta mas não consegue explicar inúmeros fenômenos. O avesso de cada um permanecerá misterioso. Mesmo que se trabalhe incansavelmente para acessá-lo, tornando-se mais e mais íntimo de si, é certo que desse poço sem fundo a surpresa sempre virá. Ainda assim, vale a labuta homérica de seguir mergulhando no abismo, fazendo contato. Depois de cada mergulho, quando uma pequena luz se acende e vemos a boca (a saída) da caverna, voltamos ao mundo com os sentidos um pouco mais límpidos e aguçados pra quem sabe, rever nosso recorte da realidade. É um sem-fim.

Deixe uma resposta